Latest Post

Homem é assassinado com aproximadamente quatro tiros. Vítima era ex-presidiário

Written By Francisco Dantas on segunda-feira, 20 de abril de 2015 | segunda-feira, abril 20, 2015

Final de semana começa com violência na região Oeste do Rio Grande do Norte. Um homicídio foi registrado nesta noite de sexta feira 17 de abril de 2015,na cidade de Caraúbas.
Segundo informações preliminares, a vítima seria um ex-presidiário identificado como Eduardo Lino,conhecido como Lelyto, foi alvejado com cerca de quatro disparos de arma de fogo e morreu no local. 

Ainda de acordo com a PM, a vítima estava bebendo em um estabelecimento comercial,denominado de bar da Tripa,quando foi surpreendida por dois homens,que chegaram em uma moto e o garupa desceu e efetuou os disparos. 

Há informações confirmadas pela Polícia Militar de que a vítima teria cumprido pena por homicídio praticado naquela cidade no ano de 2008,mas estava em liberdade. 

O Instituto Técnico e Científico de Polícia-Itep já foi acionado para remoção do corpo,para a sede do órgão em Mossoró. 

Por: icemcaraubas

Herói da classificação, Prass exalta equipe e explica pênaltis defendidos

O Palmeiras teve um herói na tarde deste domingo, na Arena Corinthians. Após o empate em 2 a 2 no tempo normal, o Verdão superou o Timão nas cobranças de pênaltis, com destaque para Fernando Prass. O goleiro, que defendeu as batidas de Elias e Petros, explicou como fez para salvar e colocar o Alviverde na grande final do Campeonato Paulista.
- O goleiro tem que ficar calmo. Última cobrança, claro que a gente tem que definir um canto, mas tem que ficar calmo e foi assima na do Elias. Já a cobrança do Petros foi mais pro canto, eu consegui me esticar e cheguei na bola. É complicado, mas consegui fazer grande defesa e ajudar o Palmeiras a passar - disse o arqueiro.
Apesar de ter sido o grande nome da decisão na Arena, Prass preferiu exaltar o grupo do Palmeiras. Segundo o goleiro, classificação coroa um grupo que sofreu muito ano passado.
- Não é que o Corinthians não merecesse, mas por tudo que a gente sofreu ano passado e tudo que a gente jogou hoje. O time fez uma atuação espetacular, com grandes jogadas, com calma. Agora esperar o novo adversário, porque não adianta nada fazer tudo isso aqui e cair na final - concluiu.

Por: R7

Clássico entre Treze x Campinense termina empatado, no Amigão; Atlético vence o Sousa

Amigão, Campina GrandeEmpate. Esse foi o resultado do jogo entre Treze e Campinense na tarde deste domingo (19), no estádio Amigão, em Campina Grande. Com o resultado, o Treze permanece na vice-liderança, já o Campinense entrou no G-4.
No primeiro tempo, o jogo contou com poucas jogadas de perigo. O placar foi aberto aos 13 minutos, quando Fabrício Ceará subiu mais do que a defesa da Raposa e marcou o gol do Treze.  
Quatro minutos depois o Campinense empatou. Aos 18 minutos, Tiago Araújo pegou de primeira, após lançamento de Neto, e marcou um golaço.
Após os gols, a partida melhorou, ficou equilibrada, mas o primeiro tempo terminou sem outros lances perigosos.
No segundo tempo, o jogo continuou disputado e contou com o apoio das duas torcidas.

Aos 18 minutos, o Campinense teve a chance da virada. Felipe Alves se antecipou e cabeceou antes da chegada do goleiro Paulo Musse. 

Aos 29 minutos, Téssio teve a chance de dar a vitória para o Treze, mas desperdiçou e chutou para fora. 

Nos 15 minutos finais, a partida continuou disputada, mas sem jogadas de perigo para as duas equipes.
Com o resultado, o Treze permaneceu na vice-liderança, com 27 pontos, cinco a menos que o líder Botafogo-PB. Já a Raposa esta em terceiro, com 22 pontos. 
Atlético x Sousa
Em Cajazeiras, o Atlético venceu o Sousa por 1x0. O gol da partida saiu aos 46 minutos do primeiro tempo, com França. 
 Com o resultado, o Atlético chegou aos 19 pontos e a sexta colocação, ultrapassando o Sousa, que caiu para sétimo.
Por: Portal correio 

Agricultor pode ter renda de até R$ 21,5 mil com plantio de uva no Sertão da Paraíba


Emater orienta produtoresO plantio de uva Itália em área de 0,2 hectare deve gerar a um produtor uma renda R$ 7,7 mil com colheita de 3,5 mil quilos por safra. Deduzindo 30% com os gastos de manutenção da plantação, ele terá um lucro líquido de R$ 5,5 mil em cada colheita. Levando em conta duas colheitas ao ano, serão comercializados 14 mil quilos de uvas e vendido a R$ 2,20 o quilo no preço atual, proporcionando uma renda de R$ 30,8 mil, mas, reduzindo os custos, o agricultor terá uma renda de R$ 21,5 mil.

Essa é a realidade do agricultor Valmir Alves de Sousa, do Sitio Capivara, na zona rural do município de Joca Claudino, a 460 quilômetros de João Pessoa. Ele se prepara para ampliar o parreiral e, com isso, conquistar novos mercados, inclusive Fortaleza, no Ceará. 

Orientado pelos extensionistas e acompanhado pelo chefe do escritório da Emater em Sousa, Francisco de Assis Bernardino, Valmir obteve financiamento do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) no valor de R$ 2,6 mil, que possibilitou implantar a área de cultivo. Antes ele trabalhava com culturas de sequeiros e criava animais de pequeno porte, o que garantia o sustento da família. O cultivo de uva, que já apresenta bons resultados, passará a ser mais uma alternativa de renda deste agricultor familiar.

Ele está sendo preparado para fornecer seus produtos para o Programa Nacional de Aquisição de Alimento (Pnae). Trabalha com o sistema de irrigação, utilizando água que vem da represa Capivara, que foi inaugurada em 2008 e conta com capacidade para 37,5 milhões de metros cúbicos, responsável pelo abastecimento d’água de oito cidades e dezenas de comunidades rurais, informou o secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Joca Claudino, Messias Júnior.

Água

A disponibilidade e usos da água na região Nordeste do Brasil, particularmente na semiárida, continuam a ser uma questão crucial no que concerne ao seu desenvolvimento. A falta de água para irrigar o parreiral é um dos principais e mais graves problemas relatados por Valmir.

Um parreiral possui vida útil de 40 anos e a tendência da produção é crescer cada vez mais, obedecendo-se os critérios técnicos de poda e de repouso das plantas. No Sitio Capivara, há condições de se conseguir até três colheitas por ano, rendendo algo em torno de 45 mil quilos de uva por hectare, totalizando 125 mil quilos por ano.

“De qualquer modo, a ampliação e o fortalecimento da infraestrutura hídrica, com uma gestão adequada, constituem requisitos essenciais para a solução do problema, servindo como elemento básico para minimizar o êxodo rural e promover a interiorização do desenvolvimento”, informou o tecnólogo em cooperativismo da Emater-PB, Fábio Pereira de Sousa.

Expansão do PAA

Também na semana passada, na Unidade Operativa da Emater de Joca Claudino, o técnico local Geraldo João e o secretário de Agricultura do Município, Messias Júnior, finalizaram o cadastro dos agricultores do município que vão fornecer produtos ao PAA – Paraíba, outro importante programa de comercialização da produção agrícola.

O mercado institucional ganhou importância neste cenário, considerando que possui um elevado potencial para emergência de novos atores sociais, uma vez que sua operação exige uma significativa concentração social, advinda da necessidade da efetiva participação de todos os implicados (agricultores, cooperativas, líderes comunitários, gestores públicos, etc).


Por: Portal Correio 


Jovem morre após bater moto em ponte e ser arremessado a 30 metros de distância na PB


Motocicleta ficou destruída
Um jovem de 21 anos morreu na noite desse domingo (19) após sofrer um acidente de moto na BR 405, que liga os municípios de São João do Rio do Peixe e Marizópolis (Sertão do estado). A vítima conduzia o veículo quando bateu contra uma ponte. Com o impacto da colisão, ele foi arremessado a aproximadamente 30 metros.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas, devido à gravidade dos ferimentos, ele morreu ainda no local do acidente. A Polícia Militar e Rodoviária Federal também esteve no lugar.
O corpo do jovem foi levado para o Instituto de Medicina Legal da cidade de Patos. 
Por: Portal Correio 

Homem foi assassinado enquanto trabalhava em construção na cidade de Brejo do Cruz – PB

Homicídio-Brejo do CruzA cidade de Brejo do Cruz que fica no alto sertão paraibano registrou mais um homicídio, nesse sábado (18) de Abril de 2015 por volta das 15:30 minutos, o crime aconteceu no bairro dos estados na construção de uma quadra em um Colégio.
Segundo informações de uma guarnição da PM sob comando do Sargento Josimar a vítima de nome José Batista de Araújo de (42) anos de idade, conhecido como “Zé Gonçalves”, residia no sítio Vaca Morta, o mesmo estava trabalhando quando chegou um elemento encapuzado e efetuou disparos contra a vítima, em seguida se evadiu do local em uma motocicleta com destino ignorado.
Diligências foram feitas pela PM com intuito de localizar, identificar e prender o autor do homicídio.
IN1 com Eli Cavalcanti
 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2011-2014.
Template Criado Por Francisco Dantas Portal Paulista Online
Proudly powered by Blogger